<? php echo "Post Blog"; ?>

Iniciador de pagamentos do Pix será permitido para E-commerce e Delivery

O Banco Central do Brasil informou que a partir de 30 de setembro vai permitir que sites e deliveries comecem a usar o iniciador de pagamentos do Pix.

Iniciador de pagamentos do Pix será permitido para E-commerce e Delivery

Para a somar a lista de novidades do Pix anunciadas em 2021, temos o Iniciador de Pagamentos. O Banco Central traz mais um serviço para complementar o pagamento instantâneo que facilitará o processo de pagamento nos e-commerces. Atualmente, ao fazer uma compra em e-commerces e optar por pagar com Pix, os consumidores precisam copiar os dados do QR Code, acessar o aplicativo do banco e colar as informações no “Pix Copia e Cola” para aprovar o pagamento e, assim, a compra ser aprovada.

O que muda é que o processo com mais etapas e a necessidade de sair da plataforma da loja virtual será simplificado com o iniciador de pagamentos do Pix. Isso porque com essa funcionalidade, uma tela da instituição financeira a qual o consumidor tem uma conta abrirá na página de checkout da loja, seja pelo app ou computador, solicitando apenas a autenticação para o pagamento sem precisar entrar em plataformas do banco. No caso das compras feitas por mobile, haverá um redirecionamento automático para o aplicativo do banco do pagador para a confirmação do pagamento.

O lançamento do iniciador de pagamentos é um passo que sinaliza a integração do Pix com o Open Banking, sistema que vai permitir o compartilhamento de informações dos clientes entre os bancos, porém com o consentimento do usuário. Funcionando a partir de 30 de agosto, mesmo dia em que entra em vigor a terceira fase do Open Banking.

Na primeira etapa, o pagamento será iniciado pelo serviço somente com a inserção manual dos dados ou com a Chave Pix do recebedor. Mas em 30 de setembro, será possível fazer pagamentos com o preenchimento de dados automático pelo iniciador e, no primeiro dia de novembro, o preenchimento por QR Code estará disponível. Mas é importante ressaltar que será possível fazer pagamentos utilizando o processo que o iniciador de pagamentos oferece, se a empresa recebedora aderir ao serviço.

Com o iniciador de pagamentos, a fricção do pagamento e as etapas que podem diminuir a conversão de vendas serão reduzidas, principalmente com mais relevância na jornada de compras por mobile. Para os lojistas, haverá mais retenção do cliente no e-commerce e menores chances de desistência e abandono de carrinho. Para os consumidores, um processo de pagamento no checkout ainda mais rápido e com a mesma segurança que o Pix oferece.

Os varejistas devem ficar atentos às etapas de integração do iniciador de pagamentos para preparar o e-commerce, além de entender como aplicar essa solução à jornada de compra da sua loja online. Esse serviço deixará os clientes ainda mais satisfeitos com a opção do Pix no checkout e poderá aumentar o número de vendas. Por isso, o principal ponto é aderir o Pix agora para aproveitar as novidades que o Banco Central vem lançando, assim seu e-commerce também se adapta com mais sucesso ao serviço.

O Pix já tem as melhores intenções, mas se é possível melhorar o serviço, principalmente no mobile, por que não? O iniciador de pagamentos abrirá ainda mais para os consumidores a escolha de pagar com essa opção, deixando a compra e o checkout ainda mais ágil e democrático. Um exemplo de iniciador de pagamentos que já está em funcionamento é o WhatsApp Pay, porém ainda é necessário utilizar cartão de crédito ou débito, já que não é oferecido Pix (porém, em um futuro próximo, poderá).

Importante ressaltar que a utilização do iniciador de pagamento será opcional por parte dos usuários. A experiência que temos com o Pix atualmente continuará a existir, mantendo o leque de opções de pagamento dentro do próprio serviço ainda mais amplo. Seguindo o seu objetivo desde o começo, o Pix continuará a facilitar os processos de pagamentos, colaborando na inovação da a forma de fazer compras nos e-commerces e participando da forte digitalização do comércio eletrônico no Brasil.

Fonte: https://www.ecommercebrasil.com.br/

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Categorias

Posts recentes

  • All Post
  • Aplicativos
  • Bitcoin
  • Bootstrap
  • Criação de Sites
  • Criptomoedas
  • CryptoTab Browser
  • GDPR
  • Hospedagem de site
  • htaccess
  • JavaScript
  • jQuery
  • Lojas Virtuais
  • Marketing Digital
  • Notícias
  • PHP
  • Sistemas
  • Software
  • Vídeos
  • Wordpress
    •   Back
    • Abstract ROI
    • Ambient ROI
    • Literal ROI
    •   Back
    • Ajax
    •   Back
    • Bootstrap Table
    • SummerNote
    •   Back
    • Social Media
    • Landing Page
    • SEO
    • Marketing por E-mail
    • Facebook Ads
    • ROI
    • Business goals
    • Abstract ROI
    • Ambient ROI
    • Literal ROI
    •   Back
    • Inspiração
    • Design e UX
    • Html
    • CSS
    • Co-design
    • Fonts / Fontes
    • Web Design
    •   Back
    • Woocommerce
    • Meios de Pagamento
    •   Back
    • Para Designers
    •   Back
    • Plugin
    • Tema

Recreio dos Bandeirantes – Rio de Janeiro / RJ – Brasil

Serviços

Criação de Sistemas

Criação de Sites

Wordpress

Lojas virtuais

Clube de assinaturas

© 2013-2024 # Celula Nerd ® Brazilian Nerd on planet earth.

CELULA NERD SERVIÇOS DE INFORMATICA E INTERNET LTDA.
CNPJ 17.963.602/0001-47